terça-feira, 6 de julho de 2010

Poluição visual... e a paisagem urbana?

Quero aproveitar o recente fato de mais uma vez o projeto da Lei Cidade Limpa sair da pauta na Câmara Municipal e falar um pouco sobre a poluição visual em Londrina. Contextualizando um pouco, a Lei Cidade Limpa de autoria do Poder Executivo, encabeçada pelo prefeito Barbosa Neto (PDT), trata da restrição de letreiros e da proibição de propaganda externa. Tal modelo apresentado pelo prefeito para Londrina é praticamente uma cópia do modelo da Lei Cidade Limpa (até no nome...) de São Paulo, capital. Agora, sigo com o post...

Ano passado, na UEL, houve uma palestra com a prof. Dra. Arquiteta e Urbanista Heliana Comin Vargas e o tema foi "Mídia exterior e a paisagem urbana". Nesta palestra, também estavam presentes o atual presidente do IPPUL, Carlos Hirata, e o atual secretário de obras, Marcelo Teodoro (na época, ele era diretor do IPPUL). A palestrante é professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP (FAU-USP) e é uma das únicas arquitetas e urbanistas no Brasil a pesquisar/estudar este tema - poluição visual.

Ela trouxe algumas observações interessantes, mas o que mais me chamou a atenção foi o fato de que a Lei londrinense está apenas copiando o modelo da Lei paulistana, inclusive, em medidas e padrões, conforme apontaram os representantes do Poder Público na palestra. Ou seja, cadê a contextualização com a nossa realidade? Foi o que a palestrante comentou sobre a identificação de locais onde essa mídia pode ser explorada. Por exemplo, locais onde não convêm removermos letreiros que hoje caracterizam uma região de comércio popular. E mesmo na capital paulista a Lei voltou atrás na remoção de letreiros no bairro da Liberdade, tradicional reduto oriental com seus letreiros em caracteres japoneses que tanto simbolizam o bairro.

Acho que a Lei que foi para a Câmara precisa de uma maior participação popular e, principalmente, de pesquisadores acadêmicos para termos uma forma mais avançada de tratarmos a paisagem urbana que queremos para Londrina e não apenas copiar um modelo que já apresentou falhas - embora isso seja compreensível em virtude da desordem e do tamanho de São Paulo.

Há também que se evitar a influência de meia dúzia de empresários do setor de mídias externas (outdoors e backlights), afinal, mesmo em São Paulo cujo tal mercado é milionário (pra não dizer bilionário...), a Lei lá forçou que esses empresários se reinventassem no modo de trabalhar - o que seria nada impossível aqui em Londrina.

Por exemplo, a região da Vila Madalena, tradicional reduto boêmio paulistano com seus inúmeros bares e boates, terá uma remodelação de algumas ruas patrocinadas pela marca de cerveja Bohemia, em troca, todo o mobiliário urbano (postes de luz, bancos, lixeiras, etc) terão o nome da empresa como patrocinadora do espaço. Assim, ao invés da empresa gastar milhões em propaganda, ela aproveitou para investir isso no espaço público agregando valor ao seu produto e diretamente no local do seu consumidor. Outro viés da Lei, é que além de permitir a propaganda em mobiliários urbanos, ela também permite a divulgação de uma marca na recuperação de um marco histórico. Recentemente, o ed. Copan (obra de Oscar Niemeyer) será o primeiro contemplado com tal incentivo, ele será revitalizado e a empresa que estará patrocinando a recuperação ostentará pelo período da obra sua marca na fachada.

O que queremos para Londrina? Uma paisagem loteada por empresas privadas ou uma paisagem valorizada pelas nossas belezas naturais, arquitetônicas e culturais???

3 comentários:

Henrique disse...

eu só acho foda q a gente dependa de iniciativas privadas/patrocinios pra q as coisas deem certo...

Marcel disse...

Vejo mais como um mal necessário. Acho justo mesmo que as Prefeituras tivessem dinheiro, pois desonera um pouco a máquina pública.

Anônimo disse...

ESSA LEI É NADA MAIS DO QUE CONTRA O "C" CONTRA O "V" DE SÃO PAULO, ACHO QUE FALTA MUITO AJUSTES PARA UMA CIDADE COMO LONDRINA.
TEMOS MUITOS PROBLEMAS COM A SAÚDE, TRANSPORTES, BURACOS PUXA! BURACOS!!! HEN...
HÁ MEU TÁ LOCO! MILHÕES VÃO SAIR DO BOLSO DOS COMERCIANTES, O CARA ACABOU DE PAGAR 10º TERCEIRO,IPTU, NATERIAL ESCOLAR E O ESCAMBAL...
SÓ PROS CARAS SUBIREM NO PALANQUE E FALAR " EU DEIXEI LONDRINA LINDA DE MORRER" VAMOS PENSAR EM QUEM EMPREGA TAMBÉM...
Sidney.