segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Leia! Londrina na Veja!

Londrina abre a reportagem especial da revista Veja desta semana. A reportagem chama "A força das cidades médias" e trata das cidades entre 100 e 500 mil habitantes do Brasil. Londrina é o destaque porque saiu do patamar de cidade média para o de metrópole, cidades acima dos 500 mil habitantes. Essa reportagem especial possui 47 páginas (sim, quarenta e sete!) e é dividida em 5 temáticas.

A revista comenta brevemente o histórico da cidade, como a fundação pelos ingleses e o crescimento pelo café, depois reforça o planejamento da cidade como estratégico para o futuro. Junto com Juiz de Fora, Uberlândia, Ribeirão Preto e Sorocaba, Londrina é citada também como experiência de sucesso das metrópoles no século XX que podem influenciar as novas metrópoles do século XXI, essa parte pertence a reportagem "5 exemplos a ser seguidos". Cita também o empresário Marcos Holzmann como sucesso em empreendimentos de luxo na cidade.
* Ou seja, apesar de todos os problemas que temos aqui, estamos muito bem no panorama nacional. Podemos ter favelas, mas elas mal representam 1% da população londrinense, comparado com Rio de Janeiro ou São Paulo, onde esse índice vai a 20%.
Essa é uma foto minha do Lago Igapó II com a Gleba Palhano ao fundo, é praticamente do mesmo ângulo da foto que abriu a reportagem da Veja, mas a minha é de 2004 e a deles é de 2010, a diferença de prédios e gruas é nítida...









Ainda na mesma reportagem de 47 páginas, a Veja também faz um levantamento com as 20 cidades médias do Brasil que poderão ser as futuras metrópoles no país, na reportagem "Aonde o futuro já chegou", e, no Paraná, apresenta Cascavel como muito promissora nesse sentido, de que está crescendo com planejamento e poderá ser um bom exemplo de metrópole no século XXI. Atualmente, Cascavel tem 296 mil habitantes.

Continuando a reportagem especial, a revista comenta sobre a vocação de algumas cidades médias no país, na reportagem "O Brasil em 10 vocações", nisso aparecem outras paranaenses... Na saúde, apresenta Maringá em 2º lugar, no setor de energia mostra Araucária em 5º, na área de portos, temos Paranaguá em 2º (na frente de Santos e atrás de Itajaí), na indústria mostra Pinhais em 4º e Arapongas em 8º lugar, na área de mineração e siderurgia, temos Colombo em 11º, na agricultura, Guarapuava aparece em 2º lugar, na indústria automobilística, São José dos Pinhais em 12º e no setor de produtos alimentícios, Toledo ficou em 4º lugar.

Agora não é a revista que escreveu, mas é um acompanhamento meu de estimativas do IBGE, são as "Estimativas das Populações Residentes" e todo ano lançam uma. Comentarei apenas sobre a última, que foi a de 2009...

Nessa estimativa 2009 do IBGE, Foz do Iguaçu ultrapassou Ponta Grossa, sendo agora a 4ª cidade do Paraná, com 325 mil habitantes. Ponta Grossa possui 314 mil... Ainda segundo esta estimativa, Foz poderia passar Maringá em 2012 e se tornar a 3ª maior cidade do estado! Maringá hoje tem 335 mil habitantes.

Assim, seguindo a linha da reportagem da Veja, na lista de cidades médias do Paraná, ainda temos na região de Londrina, Arapongas com 103 mil e Apucarana com 121 mil, na região de Curitiba, Araucária com 117 mil, Campo Largo com 112 mil,  Colombo com 247 mil, Pinhais com 118 mil e São José dos Pinhais com 279 mil, ao Sul do estado, Guarapuava com 172 mil, no litoral, Paranaguá com 139 mil, ao Oeste, Toledo com 116 mil e no Noroeste, Umuarama com 100 mil habitantes.

Só pra constar, Londrina tem 510 mil e Curitiba está com 1,850 milhão de habitantes.

14 comentários:

Anônimo disse...

É e Cascavel e Londrina são administradas por Prefeitos do PDT Barbosa Neto e Edgar Bueno.

Anônimo disse...

o que é uma lástima, poderiamos estar muito melhor...

A.Y. disse...

Muito legal a matéria mesmo!Li e vale a pena!!!! =)))

H.S. disse...

é pq quem escreveu nao mora aqui!!! brincadeira eu amo londrina hehe

Marcel disse...

Anônimos,
divergências políticas à parte, não foram os governos de pouco mais de 1 ano do PDT q fizeram essas cidades o q são hj! Planejamento urbano é algo q vc só colhe resultados em 10-15-20 anos!!!!

H.S.,
hehe... confesso q a reportagem estava meio "ufanista", mas é verdade q mesmo com todos os problemas, para uma cidade com 500 mil habitantes no Brasil, Londrina está muito bem.

Roberto Jr disse...

Viva Londrina!!!

Anônimo disse...

ueh.. porque maringá naum eh exemplo tb??!

Marcel disse...

É q a reportagem comenta sobre as cidades q possuem potencial de crescimento sem criar bolsões de pobreza...

E Maringá possui bolsões de pobreza ao redor dela, como Paiçandu e Sarandi. Aliás, muito bem colocada essa questão do último anônimo porque pode esclarecer o mito "Maringá" para muitos.

A cidade hj possui bons índices de qualidade de vida porque os pobres moram nas cidades vizinhas, já q houve uma forte especulação imobiliária na cidade q supervalorizou os terrenos e impediu a entrada das pessoas com menos condições financeiras.

Marcel disse...

Só por curiosidade...

Hj vi alguns outdoors aqui em Londrina da revista Veja, estavam chamando os londrinenses para comprarem a revista por causa do destaque da cidade na reportagem especial!

:-D

Paulo Cesar disse...

Por mais que tentem mandar recursos só para Maringá, pois Curitiba morre de medo que Londrina se Torne mais importante que a Capital.
Londrina sempre consegue se superar e dar orgulho ao Londrinenses de nascimento e de coração erradicado aqui.
Viva Londrina uma terra linda cheia de belezas e de um povo maravilhoso Te amo Londrina cada dia mais.

Anônimo disse...

Vocês londrinenses estão se achando, ahahhaahh. Mas falta muito para chegar ao tamanho de Curitiba, nem somando todas as cidades vizinhas, inclusive Maringá.

Marcel disse...

Anônimo,
eu nem acho q Londrina deva chegar ao tamanho de Curitiba! Acho q atingir uns 800mil habitantes já tá de bom tamanho, no máximo 1 milhão...

Anônimo disse...

deixa a capital pra la gente... ela resolve os problemas pra nós...ou deveria.. e nós aqui vamos crescendo

everton disse...

ah pessoas prepotentes os coxas nao!!! eles nao tem o prazer de morar em londrina!!! uma cidade que nao foi muito planejada(no inicio)
mas hoje e motivo de orgulho para todos do norte paranaense principalmente nos os londrineses!!!
e motivo de inveja para outros.

espero que meus futuros filhos e netos tenhao muito sucesso aqui!!!